Uma viagen pelo universo da imaginação

Teoria Fetoniana no estado intermediário: Entre o Humano e o fetocentrismo

O estado de uma pessoa que está em processo de fetação é muito dramática, isso devido a sua calamidade como ser humano, nada dá certo em sua vida até pactos com espíritos são interrompidos por provocarem um desentendimento entre os dois mundos a de um Fetoniano com o mundo dos espíritos, ficam apavorados só de saber que essa crise chegou em sua Órbita.

A teoria Fetoniana foi desenvolvida para explicar os efeitos dessa anomia de ser humano e entender como se dá essa construção de desgraças que acumulam e não sai mesmo com uma quantidade de seções de descarrego. Em uma experiência com o nosso amigo que desenvolveu essa espécie de vírus ele começou a ter estímulos cognitivos diferentes de um ser humano normal, um exemplo desse tipo de comportamento que com todo respeito a quem acredita mas que de certo modo é estranho ao nosso meio de amigos é o interesse pelo Diabo. Isso mesmo o Diabo. Em uma seção descarrego estava o nosso amigo e mais alguns que tinha esse problema e infelizmente um espirito se apossou de um rapaz com idade entre 35 a 37 anos, um rapaz forte e de boa aparência mas que naquele momento estava com um GÁS dentro dele. O nosso amigo foi até esse rapaz possesso e o apoiou com incentivos para que o espirito viesse a acabar com a alma do rapaz que estava cheio de dores em seu corpo.

Bem esse pequeno acontecimento realmente dramático é de um processo de fetação super –avançado, á de se dizer que esse é de um modelo realmente Fetocentrico que transforma o indivíduo em algo que ele não é exemplo: Ele é alegre fica triste, é inteligente fica burro, é Zé vira Feto.

Passamos então estado intermediário do Fetocentrismo.

O indivíduo em sua vida normal é uma desgraça em seu rol de amigos, um dia alegre para ele é um atentado terrorista para um país isso no mesmo dia que se ocorre os dois eventos. Porque? O motivo é simples; é uma doença que não tem cura e que influencia na sociedade de modo global, um outro exemplo é do dia do seu aniversário completando 8 anos ao apagar as velas do bolo de fubá que tinham feito a ele no mesmo dia 11 de setembro de 2001 houve o atentado terrorista nos estados Unidos então já se nota no nível de fetação que ele já estava.

Bem esse foi o modelo de estudo que criamos sobre esse indivíduo desde sua nascença até sua idade adulta atual. Lembrando que essa pesquisa foi avaliativa apenas para essa pessoa não tem nenhuma outra conexão com teorias do desenvolvimento de autores clássicos da psicologia.

1º- De 1 a 3 anos de idade era uma espécie de tomate, seu rosto era muito vermelho tinha muitas doenças no rosto, em um exame médico constatou mais de 23 doenças diferentes só não detectou mais uma pois era o nariz dele.

2º- De 3 a 7 idade da sacudida da vida até então não enxergava tinha amebas nos olhos

3º- De 7 a 12 desenvolveu-se a primeira iniciativa da fetação, media o pênis na escola mas não no sentido de ver o maior ou menor mas porque era o jeito de parecer descolado, no meio da turma e por isso era visto como um Homossexual.

4º- 12 às 20 idade da vaca mimosa, devido sua puberdade exagerada que até a faze adulta ainda não parou.

5º- 20 a 22 idade da decadência até o fundo do posso e na sua transformação em fetomonio.

E com isso temos o processo intermediário entre o humano e o fetocentrismo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s