Uma viagen pelo universo da imaginação

Não digo a Alegria

© Célia Moura

11069664_805937119490112_4239727061152782652_nNão digo a Alegria
sempre tão ciosa de improviso
porque é ela quem me devora de seda,
essência de jasmim
sempre que me fazes chorar de prazer nos teus braços.

Ver o post original 7 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s