Uma viagen pelo universo da imaginação

Galeria

Factor desconhecido

Raquel Varela

Fui a uma urgência hospitalar onde me foi entregue uma guia de culpa com o valor real do custo do serviço prestado. Muito agradeço a quem de direito – não sei se o Ministro da Saúde, se a das Finanças, deve ser a das Finanças, que é o quem nos trata da Saúde, uma vez que o da Saúde está a tratar das Finanças dos hospitais privados, que directa e indirectamente recebem mais de 50% de financiamento via Serviço Nacional de Saúde. Haja jogo de anca para tanta dança com a vida humana. Sou uma defensora intransigente da transparência das contas públicas, e acho que um Estado está obrigado moralmente a publicar cada cêntimo que gasta e que deve haver racionalização de meios. Mas também, e aqui começa o meu desconforto com a carta, um Estado está obrigado a dizer cada cêntimo que recebe e onde os gasta, em…

Ver o post original 67 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s