Uma viagen pelo universo da imaginação

Crónicas do Caminho – Olveiroa – Fisterre

pedalo pela cidade

As previsões da meteorologia eram de chuva forte para o dia desta etapa e esses prognósticos concretizaram-se para mal dos meus pecados!!!

O dia arrancou no restaurante do albergue com um pequeno almoço à moda da Galiza e com as compras de mantimentos para o dia de caminhada.

Pouco depois da saída tivemos de contornar o primeiro obstáculo, devido às fortes chuvas o ribeiro local transbordou o que obrigou a seguir pela estrada cerca de 500 metros, voltando a entrar no percurso um pouco mais a diante… apesar de por esta altura já estar ensopado até aos ossos não consegui evitar um sorriso vendo um companheiro coreano completamente petrificado a olhar para o ribeiro, quem sabe, à espera que a água parasse de correr! Moisés teria resolvido o nosso problema.

Este trajecto que nos levaria a CEE ainda guardava algumas surpresas, como a “piscina olímpica” que tivemos de atravessar, já que…

Ver o post original 393 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s