Uma viagen pelo universo da imaginação

Noites de minh’alma

11008784_401383703377197_3125366480807559754_n Foto de André Luiz Bernardo

Quando a tarde cai em minha alma

nada se alardeia.

Apenas uma dor fina

vai atravessando todas as nervuras

amortencendo meus sentidos

até que eu durma.

Ronaldo Sérgio

Ver o post original

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s