Uma viagen pelo universo da imaginação

Necessidade básica

Sacudindo as ideias

Fome…

De comida, sempre.

De conquistas, reconhecimento, deslumbramento

Algumas vezes de esquecimento.

Sede…

De água – hoje, quase escassa.

De destilados, para brindar alegrias, abrandar porcarias,

aplacar dissabores, desamores.

Desejo…

Sempre no plural afinal, ninguém vive de um só.

Desejo carnal, visceral, anal, frontal…

O que vier que complete esse vazio

abismo cavernoso, falta de beliscos

de beijos sugadores, de sentir a pele

encrespada, viciada

Em você.

E por não ter você, sinto

Fome,

Sede,

Desejos…

Ver o post original

Anúncios

Uma resposta

  1. Grata por divulgar! Abraço!

    Curtido por 1 pessoa

    25 de maio de 2015 às 18:10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s